Pilha 'amiga do Ambiente' transforma papel em eletricidade

07-01-2012 19:21

 

 

Depois de, em 2009, uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford ter desenvolvido uma bateria a partir de uma folha de papel, a Sony, que apresentou recentemente em Tóquio, numa Feira de Eco-Produtos, o protótipo de uma pilha que transforma papel em eletricidade através de um processo semelhante à digestão da madeira pelas térmitas para a produção de energia.

O invento recorre à enzima celulase para decompor as fibras do papel em glicose, que é depois combinada com oxigénio e com outras enzimas para produzir iões de hidrogénio e eletrões, que são, por fim, utilizados para gerar energia elétrica.

Trata-se de uma nova eco-pilha porque não envolve o uso químicos ou metais tóxicos e seu funcionamento resulta na formação de subprodutos inócuos a água e a gluconolactona, usada em cosméticos.

 

A nova pilha “amiga do Ambiente” ainda não está pronta a ser lançada no mercado embora já permita carregar leitores de música básicos.

 “No futuro, ao utilizarmos esta tecnologia conseguiremos gerar eletricidade usando a glicose obtida a partir de madeira descarada, cartão e jornais velhos”.

Filipa Alves (22-12-2011)

http://naturlink.sapo.pt/article.aspx?menuid=20&cid=47934&bl=1

Notícia enviada pela Profª Regina Marques